Sobre a loja

A Sow é uma empresa brasileira que oferece soluções de alta qualidade em design, comunicação, marketing e eventos para clientes de todo o País. Com equipe formada por especialistas, a Sow cria e desenvolve materiais de merchandising para diferentes segmentos de negócios.

HEAVIEST - THE WALL OF CHAOS-T (DIGIPACK + POSTER + PALHETA)

Clique no botão ao lado para assistir o video relacionado ao produto.

Assistir Video

HEAVIEST - THE WALL OF CHAOS-T (DIGIPACK + POSTER + PALHETA)

Código: 789855785328
R$ 30,00
ou R$ 28,50 via Depósito
Comprar Estoque: 10 dias úteis
    • 1x de R$ 30,00 sem juros
    • 2x de R$ 15,60
    • 3x de R$ 10,60
  • R$ 28,50 Deposito
  • R$ 30,00 PayPal
  • R$ 30,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
  • R$ 30,00 PagSeguro
  • R$ 30,00 Mercado Pago
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

HEAVIEST - THE WALL OF CHAOS-T (DIGIPACK) - PRÉ-VENDA

Promoção de Lançamento (Pré-venda) inclui:
* CD DIGIPACK (AUTOGRAFADO)
* 1 POSTER (42cm x 29,7cm, 150g)
* 1 PALHETA

"Sujeito a alteração no prazo de entrega dos correios"

Heaviest – “The Wall Of Chaos-T” (2018)
Shinigami Records
#ModernMetal#HeavyMetal#GrooveMetal

Para fãs de: DisturbedTremontiFive Finger Death Punch, Fight, Adrenaline Mob

Nota: 9,5

Uma das grandes promessas nacionais chega ao seu segundo trabalho de estúdio depois de severas mudanças de formação, mas mantendo o excelente nível conseguido com seu álbum de estreia, “Nowhere” (2015). A vida deve continuar, e a saída de músicos nunca é benéfica para qualquer banda que se preze, mas encontrar outras peças que venham a somar e continuar a carreira sem prejuízos é uma sorte e tanto! Vejam bem, em hipótese alguma eu disse ‘substituir’, pois pode soar de certa forma pejorativa e não é o caso, pois os músicos em questão são de um gabarito fora da curva.

Voltando ao novo álbum, a voz de Alax William caiu como uma luva na sonoridade moderna e pesada da banda, pois a principal diferença com seu antecessor é que Alax é mais voltado para ambiências e influências que vão desde o Pop, passando pelo Country até o Heavy Metal e não tão agudo, o que deu uma variedade bastante peculiar e muito benéfica ao Heaviest nessa nova jornada.

Alax não só entrou com tudo na banda, como também compôs grande parte do material, letras e arranjos, e junto com Guto Mantesso (guitarra), Renato Caetano Dias (baixo) e Vito Montanaro Neto (bateria) criaram uma obra coesa, cheia de vigor, ‘punch’ e pesada. Todos participaram da composição e transformaram “The Wall Of Chaos-T” em um álbum mais completo, coeso e mais dinâmico por conta desse maior envolvimento em relação ao anterior.

Além da produção excepcional à cargo de Guto e co-produção por Roy Z Ramirez e banda, a magistral capa e conceito gráfico por Alax, tenho que destacar o conteúdo das letras que abordam assuntos desde cyberbulling, holocausto (lembrando que a banda adicionou um “T” ao final do título do álbum para soar similar a ‘holocausto’), guerras, conflitos, corrupção e muita desgraça que acontece em nosso mundo atualmente no melhor sentido “tapa na cara” da sociedade. Ponto para os caras, que falam a verdade nua e crua sem ‘mimimi’ ou se fazerem de coitadinhos tentando fazer com que o mundo acorde perante tanta merda abaixo de nossos narizes!

São 11 faixas de arrepiar, abrangentes e heterogêneas, ou seja, não é aquele tipo de álbum que você escuta “apenas uma música”, pois uma das coisas que a banda primou aqui foi pela criatividade e abrangência melódica de suas composições. E os meninos, além de ser exímios compositores e músicos, nos brindam, também, com ótimas participações especiais como o cantor Zak Stevens SavatageCircle II CircleTransiberian Orchestra) na ótima “Haunted”, Matias Kupiainen (guitarrista do Stratovarius) em “Can’t You See” (prestem atenção nessa letra!) e Lucas Bittencourt em “All Of This”.

Poderia facilmente destacar todas faixas, pois esse é um daqueles álbuns que me representam, mas obviamente tenho meus destaques. São eles: “Like Those Ones”, que abre o álbum de uma forma vibrante, sem contar seu belíssimo solo de guitarra e arranjos vocais, a pesadíssima “Thieves Of Life” que junto com “The End”, com certeza você ficará com os riffs/melodia na cabeça por meses, a sensacional “Fire It Up”, com sua levada lembrando muito o Fight de Rob Halford em “Laid To Rest” é um verdadeiro soco na cara do ouvinte e realmente dá até vontade de ‘tacar fogo’ a cada compasso de seu riff, a porrada “Kill The King” que mais nos remete ao primeiro álbum da banda, a genial e cativante – talvez a que mais gostei de todas – “The End” (que riffs e melodia geniais!!!), a pesadíssima “Wake Up” e a soberba “E-Crime Suicide” que fecha o álbum de forma criminosa (no bom sentido, claro!).

Se gosta de Heavy Metal mais moderno, pesado e groovado, com muito vigor, senso crítico onde os músicos jogam para o bem da música e não para suas habilidades pessoais, produção pesada cheia de camadas climáticas, criatividade e o melhor de tudo, sangue nos olhos, o Heaviest é a sua banda, e “The Wall Of Chaos-T” seu disco de cabeceira!

Dessa vez foi vitória do Brasil e com direito a gol de placa que vale por bem mais que 7 (risos).

Johnny Z. (Redator Metal na Lata)

Heaviest – The Wall Of Chaos-T (2018)


Muitas das coisas que imaginamos ter numa banda de Rock sempre acontecem com a certeza de aquilo irá sobrevir numa determinada fase, e uma das coisas que já é comum de ocorrer é a saída e troca de integrantes. Só que tal mudança é enxergada, na maioria das vezes, como algo pejorativo, não levando em conta o que pode ser proporcionado no presente. Escrevendo uma nova história na carreira, e deixando o passado pela retaguarda, a Heaviest entulha sua confiança no seu segundo disco, “The Wall Of Chaos-T”.

Ouvindo o disco cuidadosamente, nos pegamos num ambiente aguado de batalhas, adversidades, divergências e de abusos virtuais. Afinal, o tema do disco aponta assuntos que são discutíveis em todo mundo, como extremismo, suborno, descomedimento, paixões fervorosas e cyber bullying. E se tratando desse conteúdo que a banda aposta novamente no Heavy Metal moderno, vigorando um muro difícil de ser derrubado, consentindo de mais peso e energia na asserção hodierna sem deixar às sumas melodias de lado.

A produção demonstra uma resistência sonora absurda, sobreposto da cama de riffs pesados (tendo a presença de uma única guitarra) e base rítmica de extrema supremacia, conseguindo sublimemente acertar as hegemonias densas, onde o toque final do produto foi completado pelo nada menos que o Roy-Z, que coproduziu o disco. Sobre o layout, vislumbramos um pequeno garoto encontrando uma luz em meio ao holocausto, além de evidenciar o conceito lírico por meio dela.

É muito fácil encontrar bandas que primam pela pegada mais efetiva (dos anos 90), especialmente nos Estados Unidos e países da Europa, mas é só aqui no Brasil que a Heaviest abusa destes vigorosos comandos com total sapiência, não deixando, claro, as influências tradicionais do Metal de lado, o que coloca “The Wall Of Chaos-T” como o disco mais virtuoso da carreira. E o tempo de transição conspirou coisas boas ao grupo, trazendo mais versatilidade vocal e novos pensamentos por parte de Alax William.

Trancando essa conclusão, temos às ilustres participações de grandes nomes da cena mundial, entre eles Zak Stevens (Savatage, Circle II Circle, Transiberian Orchestra) e Matias Kupiainen (Stratovarius), tendo Lucas Bittencourt como representante nacional. Para encontrar mais motivos pra ouvir esse grande trabalho, só ouvindo o disco no volume máximo!

As 11 faixas que ocupa o álbum dispensam comentários! Logo de cara temos os riffs compactos e o groove rítmico de “Like Those Ones”, seguido do peso absurdo de “Thieves Of Live” (os envolventes solos dão tons mais melódicos a musica). Narrações místicas abrem as portas para a agressiva “Blood” (o que o Alax faz nessa música é algo surpreendente), entrando num clima mais carregado na “Can’t You See” (reparem nas medonhas linhas de voz e nos solos de Matias Kupiainen). A cadenciada “Fire It Up” pode ser considerada o hino da banda, pois o acessível refrão fica guardado na cabeça, não parando de cantar desde o lançamento da faixa; “Hunted” aposta em guitarras intrínsecas e variações rítmicas, adicionando mais brilho com a voz de Zak Stevens, adentrando nas boas mudanças de tempo na explosiva “Kill The King”; “All Of This” ostenta toda brutalidade até onde pode, dando lugar há um delicioso solo de Lucas Bittencourt e de sublimes melodias de voz que nos faz querer fechar os olhos pra cantar junto com o Alax; “The End” demasia meio um tanto quanto Pop, passando timbres obscuros e tétricos; “Wake Up” se baseia em guitarras duras, decorrido do refrão ameaçador e de poucas passagens limpas, encerrando com a demolidora “E-Crime Suicide”.

Novos rumos, novas intenções e novos caminhos, mas é o mesmo Heaviest de sempre. E “The Wall Of Chaos-T” mostra o quanto a banda se amadureceu e o que pode render ainda futuramente, podendo conquistar o espaço de unanimidade dessa nova safra do Heavy Metal nacional.

Por Gabriel Arruda (House of Bootleg)

 

Ficha Técnica
Banda: Heaviest
Álbum: The Wall Of Chaos-T
Ano: 2018
País: Brasil
Tipo: Heavy Metal / Metal Alternativo 
Gravadora: Shinigami Records
Assessoria de Imprensa: Metal Media

Formação
Alax William (Vocal)
Guto Mantesso (Guitarra)
Renato Dias (Baixo)
Vito Montanaro (Bateria)

Track-List
1. Like Those Ones
2. Thieves Of Live
3. Blood
4. Can’t You See?
5. Fire It Up
6. Hunted
7. Kill The King
8. All Of This
9. The End
10. Wake Up
11. E-Crime Suicide

Contatos
http://www.heaviestband.com/
https://www.facebook.com/HeaviestBand
https://www.instagram.com/heaviestband/
https://www.youtube.com/channel/UCB8FhCNohH9Z6vslfvJG2mQ

Curtam a nossa página e se inscrevam no nosso canal.
https://www.facebook.com/andbootsforall
https://www.youtube.com/channel/UCkqMrsPQGBqU8uIwofCg9pw

Produtos relacionados

R$ 30,00
ou R$ 28,50 via Depósito
Comprar Estoque: 10 dias úteis
Sobre a loja

A Sow é uma empresa brasileira que oferece soluções de alta qualidade em design, comunicação, marketing e eventos para clientes de todo o País. Com equipe formada por especialistas, a Sow cria e desenvolve materiais de merchandising para diferentes segmentos de negócios.

Social
Pague com
  • Bcash
  • PayPal
  • Mercado Pago
  • Depósito Bancário
  • PagSeguro
Selos

Sow Store - CPF: 268.379.218-27 © Todos os direitos reservados. 2018